Agência do BB diz que comercial censurado por Bolsonaro custou 1 milhão

0

A agência WMcCann informa que o comercial Selfie, do Banco do Brasil, teve custo de R$ 1.090.500,00 e não R$ 17 milhões, como noticiado na imprensa. O valor total seria do plano de mídia, que não chegou a ser executado totalmente por causa da suspensão da propaganda. “O processo de aprovação e pagamento com os respectivos comprovantes estão devidamente documentados”, diz a assessoria da agência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui