20.3 C
Brasília
segunda-feira, março 1, 2021

  Faturamento no quarto trimestre foi recorde e chegou a R$ 12,6 bilhões, crescimento de 33,2% em relação ao mesmo período de 2019   A Caixa Seguridade...

Arthur Lira: ‘ameaças e muita pressão são constantes para desistir’

Leia Também

  Faturamento no quarto trimestre foi recorde e chegou a R$ 12,6 bilhões, crescimento de 33,2% em relação ao mesmo período de 2019   A Caixa Seguridade...

INEP divulga gabaritos da reaplicação do Enem. Resultado sai em março de 2021

    O Ministério da Educação (MEC) divulga, nesta segunda-feira (01/03), os gabaritos e os cadernos de questões da reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Participantes...

Presidente Jair Bolsonaro pode privatizar empresas estatais por decreto

  Segundo especialistas, a maioria das estatais na lista não precisa do aval dos parlamentares e pode ser incluída no PND, a desejo do governo, por...

Vacina totalmente nacional contra o coronavírus pode ficar pronta em um ano

  A UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais concluiu a primeira etapa da pesquisa de uma vacina contra o novo coronavírus. A novidade é...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

 

A vinte dias da eleição para a presidência da Câmara, o alagoano Arthur Lira (PP) afirma que tem ouvido uma série de relatos de ameaças, pressão de governadores e de partidos e até de exonerações de funcionários contra sua candidatura. O principal adversário de Lira na disputa é Baleia Rossi (MDB/SP), nome costurado pelo atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM/RJ). 

Tanto Lira quanto Baleia viajaram pelos Estados nos últimos dias para encontros com bancadas de deputados e com governadores — ou seus representantes de primeiro escalão. Por ser apontado como favorito do Palácio do Planalto, Lira tem enfrentado a resistência de alguns governadores e também da imprensa avessa ao governo Jair Bolsonaro. 

Embora não seja novidade, a artilharia de Maia contra Bolsonaro ganhou força nos últimos dias. Neste sábado, por exemplo, o deputado chamou o presidente de “covarde” no Twitter. 

A oposição de Maia ao governo talvez seja o que une o seu grupo ao PT, oficialmente apoiador de Baleia Rossi, ainda que a bancada esteja dividida em 27 a 23. O ex-prefeito de São Paulo e candidato à Presidência por acidente, Fernando Haddad, por exemplo, aprovou.

[themoneytizer id=”44018-1″]

 

- Advertisement -

Ùltimas Notícias

  Faturamento no quarto trimestre foi recorde e chegou a R$ 12,6 bilhões, crescimento de 33,2% em relação ao mesmo período de 2019   A Caixa Seguridade...

INEP divulga gabaritos da reaplicação do Enem. Resultado sai em março de 2021

    O Ministério da Educação (MEC) divulga, nesta segunda-feira (01/03), os gabaritos e os cadernos de questões da reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Participantes...

Presidente Jair Bolsonaro pode privatizar empresas estatais por decreto

  Segundo especialistas, a maioria das estatais na lista não precisa do aval dos parlamentares e pode ser incluída no PND, a desejo do governo, por...

Vacina totalmente nacional contra o coronavírus pode ficar pronta em um ano

  A UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais concluiu a primeira etapa da pesquisa de uma vacina contra o novo coronavírus. A novidade é...

O STJ não vai salvar apenas Flávio Bolsonaro

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE - A nulidade do processo da rachadinha, decidida por João Otávio de Noronha, vai favorecer também outros parentes de Jair Bolsonaro. Como diz...