Bolsonaro vai para o tudo ou nada e não revogará decretos de armas

0

Mesmo sob o risco da medida ser derrubada pelo Legislativo, o presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro não revogará os decretos que flexibilizaram as regras sobre o direito ao porte de armas e munições no país.

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, disse nesta terça-feira (25/06) que o governo “não colocará nenhum empecilho para que a votação ocorra” na Câmara dos Deputados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui