20.3 C
Brasília
segunda-feira, abril 12, 2021

Segundo site, Pazuello terá novo cargo no Planalto

  Após deixar o Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello vai assumir um novo cargo no Palácio do Planalto. A informação é de O Antagonista. De acordo com o site,...

É preciso reduzir os subsídios na energia elétrica, diz ANEEL

Leia Também

Segundo site, Pazuello terá novo cargo no Planalto

  Após deixar o Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello vai assumir um novo cargo no Palácio do Planalto. A informação é de O Antagonista. De acordo com o site,...

“Ministro é executor de decisões do presidente”, diz Mourão sobre novo ministro

  Nesta terça-feira (16/03), o vice-presidente Hamilton Mourão declarou que qualquer um que ocupe o cargo de ministro é "executor" das decisões tomadas pelo presidente da República....

Congresso promulga PEC Emergencial, que viabiliza retomada do auxílio emergencial

  O Congresso Nacional promulgou em sessão solene nesta segunda-feira (15/03) a Proposta de Emenda à Constituição conhecida como PEC Emergencial, que viabiliza a volta...

Pazuello vai pedir pra sair

    O presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro vai trocar nos próximos dias o comando do Ministério da Saúde, hoje a cargo do general Eduardo Pazuello....
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello
Para que a energia elétrica chegue a nós, consumidores, são indispensáveis as atividades de três grandes agentes do setor: as geradoras, que produzem a energia, as transmissoras, que a transporta em alta tensão até os centros de distribuição, e as distribuidoras, que rebaixam a tensão e a entrega para consumo. A energia elétrica é o serviço mais universalizado do país, atingindo 99,5% dos lares brasileiros, mérito das 86 concessionárias e permissionárias de distribuição do país. Temos um parque gerador de energia predominantemente limpo, com baixo custo se comparado a outros países. Isto porque, dos 85% da energia limpa e renovável gerada no Brasil, cerca de 65% provém de hidrelétricas, sendo o restante eólica, biomassa, biogás e solar.
 
Para que o preço da energia, idealmente, fosse o mais baixo possível e para que houvesse financiamento da expansão da geração, o setor foi estruturado de forma a que a grande quantidade de energia para atender à demanda brasileira seja comercializada de forma centralizada, em leilões planejados pela Empresa de Pesquisa Energética – EPE, regulados e fiscalizados pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – Brasil, ambas vinculadas ao Ministério de Minas e Energia, e realizados no âmbito da CCEE –  Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. Para que esses leilões ocorram, as distribuidoras declaram suas necessidades de energia.
 
 
Fonte: Poder360
- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Segundo site, Pazuello terá novo cargo no Planalto

  Após deixar o Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello vai assumir um novo cargo no Palácio do Planalto. A informação é de O Antagonista. De acordo com o site,...

“Ministro é executor de decisões do presidente”, diz Mourão sobre novo ministro

  Nesta terça-feira (16/03), o vice-presidente Hamilton Mourão declarou que qualquer um que ocupe o cargo de ministro é "executor" das decisões tomadas pelo presidente da República....

Congresso promulga PEC Emergencial, que viabiliza retomada do auxílio emergencial

  O Congresso Nacional promulgou em sessão solene nesta segunda-feira (15/03) a Proposta de Emenda à Constituição conhecida como PEC Emergencial, que viabiliza a volta...

Pazuello vai pedir pra sair

    O presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro vai trocar nos próximos dias o comando do Ministério da Saúde, hoje a cargo do general Eduardo Pazuello....

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 40 milhões

  Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.352 da Mega-Sena, realizado na noite de sábado (13/03) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê,...