20.3 C
Brasília
quinta-feira, março 4, 2021

Senado aprova em 1º turno a PEC Emergencial, que recria auxílio emergencial

  O Senado aprovou na quarta-feira (03/03), em 1º turno, a Proposta de Emenda à Constituição Emergencial - PEC, com medidas de controle dos gastos públicos e...

Economia: setor de serviços do Brasil cresce 2,6% em novembro, diz IBGE

Leia Também

Senado aprova em 1º turno a PEC Emergencial, que recria auxílio emergencial

  O Senado aprovou na quarta-feira (03/03), em 1º turno, a Proposta de Emenda à Constituição Emergencial - PEC, com medidas de controle dos gastos públicos e...

Estado de São Paulo entra na fase vermelha à meia-noite de sábado (06)

  O governador do Estado de São Paulo, João Doria, anunciou na quarta-feira (03/03), o novas diretrizes para o Plano São Paulo. A partir das 0:00 horas...

Câmara aprova programa emergencial para setor de eventos

  A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (03/03) o projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos - PERSE. Os deputados chegaram a aprovar o texto-base na terça-feira...

Rede que vendia vacinas falsas da COVID-19 é desmontada na África do Sul e China

  Uma rede de distribuição global de vacinas falsas contra as infecções do novo coronavírus foi desmantelada na África do Sul e na China e,...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

 

 

O setor de serviços brasileiro registrou o sexto mês seguido de ganhos no volume em novembro, mas caminhou para o final de 2020 ainda sem conseguir retornar aos níveis pré-pandemia, depois de ter sido o mais afetado pelas medidas de isolamento contra o coronavírus. O volume de serviços cresceu em novembro 2,6% em relação ao mês anterior, de acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE.
Apesar do sexto mês consecutivo de ganhos, acumulando alta de 19,2%, o setor de serviços brasileiros se aproximou do fim de 2020 ainda sem conseguir recuperar as perdas de 19,6% registradas entre fevereiro e maio, período que abrange o pico da pandemia. Na comparação com novembro de 2019, houve queda de 4,8% no volume de serviços no Brasil, e o setor acumula ainda entre janeiro e novembro perdas de 8,3% frente a igual período de 2019. Os resultados, entretanto, foram melhores do que as expectativas em pesquisa da Reuters, de alta de 1,2% na comparação mensal e de recuo de 6,2% na base anual.
- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Senado aprova em 1º turno a PEC Emergencial, que recria auxílio emergencial

  O Senado aprovou na quarta-feira (03/03), em 1º turno, a Proposta de Emenda à Constituição Emergencial - PEC, com medidas de controle dos gastos públicos e...

Estado de São Paulo entra na fase vermelha à meia-noite de sábado (06)

  O governador do Estado de São Paulo, João Doria, anunciou na quarta-feira (03/03), o novas diretrizes para o Plano São Paulo. A partir das 0:00 horas...

Câmara aprova programa emergencial para setor de eventos

  A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (03/03) o projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos - PERSE. Os deputados chegaram a aprovar o texto-base na terça-feira...

Rede que vendia vacinas falsas da COVID-19 é desmontada na África do Sul e China

  Uma rede de distribuição global de vacinas falsas contra as infecções do novo coronavírus foi desmantelada na África do Sul e na China e,...