20.3 C
Brasília
segunda-feira, março 1, 2021

Justiça da França condena ex-presidente Sarkozy a 3 anos de prisão

  Os juízes da França consideraram o ex-presidente Nicolas Sarkozy culpado por tentar subornar um juiz e usar a sua prerrogativa política para exercer tráfico de influência....

Fake news: Bolsonaro não gastou 15 milhões com leite condensado; saiba

Leia Também

Justiça da França condena ex-presidente Sarkozy a 3 anos de prisão

  Os juízes da França consideraram o ex-presidente Nicolas Sarkozy culpado por tentar subornar um juiz e usar a sua prerrogativa política para exercer tráfico de influência....

Está ‘quase tudo certo’ para nova rodada do auxílio emergencial, diz Bolsonaro

  O presidente da República Jair Messias Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (01/03), que está "quase tudo certo" para o pagamento de uma nova rodada do auxílio emergencial....

  Faturamento no quarto trimestre foi recorde e chegou a R$ 12,6 bilhões, crescimento de 33,2% em relação ao mesmo período de 2019   A Caixa Seguridade...

INEP divulga gabaritos da reaplicação do Enem. Resultado sai em março de 2021

    O Ministério da Educação (MEC) divulga, nesta segunda-feira (01/03), os gabaritos e os cadernos de questões da reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Participantes...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

 

Não é verdade que, sozinho, o presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro gastou R$ 15,6 milhões em leite condensado no ano passado, como alegam publicações nas Redes Sociais. A cifra corresponde ao custo anual com o produto alimentício em todos os órgãos do governo federal, não apenas a Presidência da República. Dos R$ 15,6 milhões, R$ 14,2 milhões foram empregados pelo Ministério da Defesa, o que pagaria, segundo a pasta, pela alimentação do efetivo de todas as Forças Armadas.

É distorcida a informação de que o presidente Bolsonaro gastou R$ 15,6 milhões em leite condensado em 2020. O valor, divulgado pelo portal Metrópoles no domingo (24/01) com base no Painel de Compras do Governo Federal, corresponde à despesa com o produto em todos os órgãos do Executivo federal, sendo a maior parte – R$ 14,2 milhões – do Ministério da Defesa. Ou seja, não se pode atribuir apenas ao presidente esse custo. Depois da Defesa, os três maiores gastos com leite condensado vieram das pastas da Educação (R$ 1 milhão), da Justiça (R$ 327 mil) e da Saúde (R$ 61 mil).

- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Justiça da França condena ex-presidente Sarkozy a 3 anos de prisão

  Os juízes da França consideraram o ex-presidente Nicolas Sarkozy culpado por tentar subornar um juiz e usar a sua prerrogativa política para exercer tráfico de influência....

Está ‘quase tudo certo’ para nova rodada do auxílio emergencial, diz Bolsonaro

  O presidente da República Jair Messias Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (01/03), que está "quase tudo certo" para o pagamento de uma nova rodada do auxílio emergencial....

  Faturamento no quarto trimestre foi recorde e chegou a R$ 12,6 bilhões, crescimento de 33,2% em relação ao mesmo período de 2019   A Caixa Seguridade...

INEP divulga gabaritos da reaplicação do Enem. Resultado sai em março de 2021

    O Ministério da Educação (MEC) divulga, nesta segunda-feira (01/03), os gabaritos e os cadernos de questões da reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Participantes...

Presidente Jair Bolsonaro pode privatizar empresas estatais por decreto

  Segundo especialistas, a maioria das estatais na lista não precisa do aval dos parlamentares e pode ser incluída no PND, a desejo do governo, por...