20.3 C
Brasília
quinta-feira, fevereiro 25, 2021

Bancada de congressistas do Ceará se reuniram para definir indicação de Emenda ao Orçamento Geral da União para o exercício de 2021

  Ocorreu na quarta-feira (24/02), de forma híbrida – parte dos parlamentares presentes em Brasília e outros por meio remoto, reunião da bancada de congressistas...

Governo do Amazonas demite 2 após denúncias de ‘fura-fila’

Leia Também

Bancada de congressistas do Ceará se reuniram para definir indicação de Emenda ao Orçamento Geral da União para o exercício de 2021

  Ocorreu na quarta-feira (24/02), de forma híbrida – parte dos parlamentares presentes em Brasília e outros por meio remoto, reunião da bancada de congressistas...

Mega-Sena acumula, e próximo sorteio pode pagar R$ 50 milhões

  Nenhum apostador acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na quarta-feira (24/02). O próximo concurso da Mega-Sena acontece no próximo sábado (27/02) . A estimativa é que o...

Bolsonaro entrega ao Congresso projeto que abre caminho para a privatização dos Correios

O presidente da República Jair Messias Bolsonaro entregou na quarta-feira (24/02) ao Congresso Nacional o projeto de lei que abre caminho para a privatização dos Correios. Bolsonaro foi...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

 

covid amazonas site Governo do Amazonas demite 2 após denúncias de 'fura-fila'

 

 

Um assessor técnico lotado na Casa Civil do Estado do Amazonas, imunizado com a primeira dose da vacina Coronavac, foi exonerado do cargo na segunda-feira (25/01). Segundo o governo, ele recebeu a vacina de “forma indevida”, por não pertencer ao grupo prioritário. A diretora do Hospital e Pronto-Socorro da Criança, que teria incluído o nome do servidor na lista, também foi exonerada.

A lista de vacinados, divulgada pela Prefeitura de Manaus após ordem judicial, mostra que o então servidor da Casa Civil – Gerberson Oliveira Lima – foi vacinado no dia 20 de janeiro na Clínica da Família Severiano Nunes. No grupo prioritário, ele foi classificado como “trabalhadores de saúde”. No Portal da Transparência do Estado, no entanto, consta que ele ocupava cargo de assessor técnico comissionado.

Diretora de hospital exonerada

Segundo a Secretaria da Saúde (SES-AM), a diretora do Hospital e Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste, Michele Adriane Pimentel Afonso, foi quem incluiu o nome do servidor da Casa Civil na lista de trabalhadores de saúde, que deveriam ser vacinados pela Semsa. Michele é funcionária concursada e deve responder a um Processo Administrativo Disciplinar.

Fonte: G1

- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Bancada de congressistas do Ceará se reuniram para definir indicação de Emenda ao Orçamento Geral da União para o exercício de 2021

  Ocorreu na quarta-feira (24/02), de forma híbrida – parte dos parlamentares presentes em Brasília e outros por meio remoto, reunião da bancada de congressistas...

Mega-Sena acumula, e próximo sorteio pode pagar R$ 50 milhões

  Nenhum apostador acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas na quarta-feira (24/02). O próximo concurso da Mega-Sena acontece no próximo sábado (27/02) . A estimativa é que o...

Bolsonaro entrega ao Congresso projeto que abre caminho para a privatização dos Correios

O presidente da República Jair Messias Bolsonaro entregou na quarta-feira (24/02) ao Congresso Nacional o projeto de lei que abre caminho para a privatização dos Correios. Bolsonaro foi...

Senado brasileiro vai cobrar de Itaipu que abra “caixa preta” dos salários

  O presidente da Comissão de Fiscalização e Controle do Senado, senador José Reguffe (Podemos-DF), afirmou nesta quarta-feira (24/02) que vai cobrar oficialmente da Itaipu...