Lula preso custou cerca de R$ 6 milhões aos cofres públicos do Brasil

0

A soltura do ex-presidente do Brasil Luiz Inácio Lula da Silva garantiu uma economia significativa aos cofres públicos. Segundo estimativa da Polícia Federal – PF, a manutenção de Lula na sua superintendência em Curitiba gerava um gasto mensal para a instituição de “aproximadamente R$ 300 mil“. Considerando esse valor, a estadia do petista de abril até o momento da soltura custou R$ 5,7 milhões.
Em abril do ano passado, a PF pediu à juíza Carolina Lebbos, da Vara de Execuções Penais, a transferência de Lula para um presídio. Foi nesse ofício que a instituição estimou em cerca de R$ 300 mil o custo mensal para mantê-lo em suas dependências. O valor, segundo o documento divulgado na época, cobria despesas com diárias de policiais, passagens e deslocamentos de pessoal de outras unidades para reforçar a segurança da superintendência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui