Mudanças na CCJ não atingem espinha dorsal da reforma, diz Rogério Marinho

0

Em entrevista para O Globo, o secretário especial da Previdência Social, Rogério Marinho, afirmou que as mudanças em negociação com o ‘Centrão‘ não terão impacto fiscal na reforma. “Alguns pontos nos foram propostos. São pontos que não atingem a essência ou espinha dorsal do projeto nem tem impacto fiscal. Estamos debruçados sobre eles. Nossa equipe técnica está estudando e vamos manter nosso canal de negociação aberto”.
Como registramos, entre os pontos que deverão ser retirados da proposta já na CCJ da Câmara dos Deputados está o fim da obrigatoriedade de recolhimento de FGTS do trabalhador que já for aposentado.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here