20.3 C
Brasília
quarta-feira, janeiro 27, 2021

Fake news: Bolsonaro não gastou 15 milhões com leite condensado; saiba

  Não é verdade que, sozinho, o presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro gastou R$ 15,6 milhões em leite condensado no ano passado, como alegam publicações nas Redes Sociais. A cifra...

Oi acerta venda de operação de celular para Vivo, Claro e Tim

Leia Também

Fake news: Bolsonaro não gastou 15 milhões com leite condensado; saiba

  Não é verdade que, sozinho, o presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro gastou R$ 15,6 milhões em leite condensado no ano passado, como alegam publicações nas Redes Sociais. A cifra...

Júlio Brizzi será líder do PDT na Câmara Municipal de Fortaleza

  Terceiro vereador mais votado da Capital, Júlio Brizzi (PDT/CE) deve ser anunciado como líder do PDT na Câmara Municipal de Fortaleza. parlamentar foi destaque nas urnas...

Projeto São José: R$ 325 milhões serão investidos para fortalecer ações produtivas

Em um evento virtual direto do Palácio da Abolição, o governador do Ceará, Camilo Santana lançou nesta terça-feira (26/01) os editais de seleção de...

Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas

  O governo federal vai pagar, na próxima quinta-feira (28/01), mais de R$ 248 milhões de auxílio emergencial para 196 mil pessoas. A portaria do Ministério da Cidadania...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Como saber se portabilidade numérica já foi feita [Oi, VIVO, TIM e Claro] | Telecomunicações | Tecnoblog

 

A Oi acertou a venda de sua operação de celular para o consórcio formado por vivo, Claro Brasil e TIM Brasil por R$ 16,5 bilhões. A companhia acaba de divulgar um fato relevante sobre o assunto. A Oi está em recuperação judicial e não pode finalizar o negócio até realizar um leilão de ativos. O consórcio formado pelos concorrentes, no entanto, vai ter preferência e poderá cobrir qualquer outro lance que eventualmente aparecer. No jargão técnico, esse passo do processo é chamado da escolha do “stalking horse“.
A conclusão da operação também está sujeita ao aval das autoridades de defesa da concorrência. O negócio gera preocupação de que os concorrentes vivo, Claro Brasil e TIM Brasil fatiem os clientes da Oi. O presidente do CADE – Conselho Administrativo de Defesa Econômica, Alexandre Barreto, já disse em entrevista à CNN, que o negócio será avaliado com atenção e que pode reduzir a concorrência no leilão de 5G.
O consórcio formado por vivo, Claro e TIM ofereceu R$ 16,5 bilhões pela operação de celular da Oi, superando a oferta de pouco mais de R$ 15 bilhões feita pela novata Highline, que pertence ao fundo americano.O anúncio ocorreu na véspera da assembleia geral de credores da Oi, marcada para esta terça-feira (08/09). Conforme uma fonte próxima à empresa, o objetivo é mostrar aos credores que tem uma proposta firme e já negociada, que precisa apenas da aprovação das autoridades.
A Oi precisa dos recursos para pagar suas dívidas e para tentar recuperar a empresa, alterando seu foco. Ao invés de celular, a empresa pretende focar na fibra ótica. Antes da crise, a companhia recebeu o apoio do BNDES para se tornar a “super tele” nacional.

 

Fonte: CNN Brasil

- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Fake news: Bolsonaro não gastou 15 milhões com leite condensado; saiba

  Não é verdade que, sozinho, o presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro gastou R$ 15,6 milhões em leite condensado no ano passado, como alegam publicações nas Redes Sociais. A cifra...

Júlio Brizzi será líder do PDT na Câmara Municipal de Fortaleza

  Terceiro vereador mais votado da Capital, Júlio Brizzi (PDT/CE) deve ser anunciado como líder do PDT na Câmara Municipal de Fortaleza. parlamentar foi destaque nas urnas...

Projeto São José: R$ 325 milhões serão investidos para fortalecer ações produtivas

Em um evento virtual direto do Palácio da Abolição, o governador do Ceará, Camilo Santana lançou nesta terça-feira (26/01) os editais de seleção de...

Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas

  O governo federal vai pagar, na próxima quinta-feira (28/01), mais de R$ 248 milhões de auxílio emergencial para 196 mil pessoas. A portaria do Ministério da Cidadania...

Micro e pequenas empresas devem aderir ao Simples até sexta-feira (29)

        Termina na próxima sexta-feira (29/01) o prazo para a regularização e inscrição no Simples Nacional das micro e pequenas empresas que faturam até R$ 4,8 milhões...