20.3 C
Brasília
segunda-feira, março 1, 2021

Butantan deve entregar 20 milhões de doses de vacinas em março, diz Dimas Covas

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, afirmou neste domingo (28/02), que o órgão vai entregar mais 20 milhões de doses da Coronavac, vacina contra a COVID-19, até o...

OMS aprova vacina de Oxford e destrava envio para o Brasil

Leia Também

Butantan deve entregar 20 milhões de doses de vacinas em março, diz Dimas Covas

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, afirmou neste domingo (28/02), que o órgão vai entregar mais 20 milhões de doses da Coronavac, vacina contra a COVID-19, até o...

Brasil registra 721 óbitos e 34 mil casos de COVID-19 nas últimas 24 horas

  O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste domingo (28/02). O país registrou 721 óbitos nas últimas 24 horas,...

Butantan finaliza entrega de 3,9 milhões de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde

  O Instituto Butantan enviou, na manhã deste domingo (28/02), uma nova remessa de 600 mil doses da Coronavac, produzida em parceria com a Sinovac, para o...

Repasses do Governo Federal para cada estado somente em 2020

Valores diretos: saúde e outros   Valores indiretos: suspensão e renegociação de dívidas: Acre: R$ 6,8 bilhões. Auxílio: R$ 1,38 bilhão.   Alagoas: R$ 18,09 bilhões. Auxílio: R$ 5,46 bilhões.   Amazonas:...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Resultado de imagem para OMS aprova vacina de Oxford e destrava envio para o Brasil

 

A Organização Mundial da Saúde – OMS incluiu nesta segunda-feira (15/02) em sua lista de uso emergencial (EUL) a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca. A decisão permite que elas sejam distribuídas pela COVAX, consórcio internacional que enviará vacinas para mais de 100 países no mundo, inclusive o Brasil. A expectativa é que 1,6 milhão de doses do imunizante cheguem ao Brasil neste trimestre e 6 milhões no segundo trimestre.

Dos 10.672.800 de doses alocadas para o país no primeiro semestre, cerca de 3 milhões serão adiadas para o segundo semestre, de acordo com documento publicado no começo do mês. O acordo do Brasil na COVAX prevê 42,5 milhões de doses até o fim de 2021. O departamento responsável pela avaliação e regulação das vacinas aprovou tanto a versão produzida pela AstraZeneca-SKBio na Coreia (que virá para o Brasil) quanto a produzida pelo Instituto Serum, na Índia.

Além de destravar a distribuição pela COVAX de 336 milhões de doses da AstraZeneca para 145 países, a inclusão do produto na EUL também beneficia países menos desenvolvidos, que não tem uma agência regulatória estruturada e podem tomar sua decisão com base no parecer da entidade. A COVAX também deve entregar 1,2 milhão de doses da Pfizer/BioNTech (incluída na EUL em dezembro) neste semestre.

“Países sem acesso a vacinas até o momento finalmente poderão imunizar seus profissionais de saúde e populações em risco”, disse a brasileira Mariângela Simão, subdiretora-geral da OMS para Acesso a Medicamentos. O órgão avaliou dados de qualidade, segurança e eficácia da vacina de Oxford e planos de gestão de risco e adequação das cadeias de refrigeração.

- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Butantan deve entregar 20 milhões de doses de vacinas em março, diz Dimas Covas

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, afirmou neste domingo (28/02), que o órgão vai entregar mais 20 milhões de doses da Coronavac, vacina contra a COVID-19, até o...

Brasil registra 721 óbitos e 34 mil casos de COVID-19 nas últimas 24 horas

  O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste domingo (28/02). O país registrou 721 óbitos nas últimas 24 horas,...

Butantan finaliza entrega de 3,9 milhões de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde

  O Instituto Butantan enviou, na manhã deste domingo (28/02), uma nova remessa de 600 mil doses da Coronavac, produzida em parceria com a Sinovac, para o...

Repasses do Governo Federal para cada estado somente em 2020

Valores diretos: saúde e outros   Valores indiretos: suspensão e renegociação de dívidas: Acre: R$ 6,8 bilhões. Auxílio: R$ 1,38 bilhão.   Alagoas: R$ 18,09 bilhões. Auxílio: R$ 5,46 bilhões.   Amazonas:...

Medida quer auxílio emergencial com 12 parcelas de R$ 300,00 até dezembro de 2021

  O Projeto de Lei 202/2021, de autoria do deputado federal Sidney Leite (PSD/AM), prevê que o auxílio emergencial continue sendo pago neste ano de...