20.3 C
Brasília
terça-feira, abril 7, 2020

Brasil: Governo prevê reduzir isolamento em cidades com poucos casos

O Ministério da Saúde fez uma previsão que a partir da próxima segunda-feira (13/04), localidades onde o número de casos confirmados de COVID-19 não ultrapassar mais de 50% dos leitos...

Pesquisador do INPA cria gel que evita mutilações em diabéticos

Leia Também

Brasil: Governo prevê reduzir isolamento em cidades com poucos casos

O Ministério da Saúde fez uma previsão que a partir da próxima segunda-feira (13/04), localidades onde o número de casos confirmados de COVID-19 não ultrapassar mais de 50% dos leitos...

Brasil: Caixa lançará aplicativo para cadastro em renda emergencial na terça (07)

Calendário de pagamento será divulgado durante a semana e, segundo presidente do banco, poderá ser feito em até 48 horas depois de recebimento dos...

O Governo do Brasil anunciou que o reajuste anual de todos os remédios será adiado por dois meses. O motivo é a crise provocada...

Brasil: Datafolha aponta que 59% são contra renúncia de Bolsonaro; 37% querem que ele renuncie

Pesquisa Datafolha publicada neste domingo (05/04) pelo jornal "Folha de S.Paulo" aponta que 59% dos brasileiros rejeitam a renúncia do presidente da República Jair Messias Bolsonaro em meio à sua...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

Até o final de 2019, um hidrogel desenvolvido pelo Instituto de Pesquisas da Amazônia (INPA), promete revolucionar o tratamento da cura de úlceras causadas por doenças crônicas como a diabetes e o câncer, evitando amputações. O produto à base de açafrão e gengibre amargo (Zungiber zerumbe) é fruto do trabalho de 20 anos de pesquisas do farmacêutico e bioquímico, o amazonense Carlos Cleomir de Souza. Ele garante que a utilização do hidrogel em pacientes tem apresentado excelentes resultados.
O pesquisador Carlos Cleomir, atua há 45 anos no ramo de pesquisas, e está motivado pelos resultados do trabalho.  “O produto foi patenteado pelo INPA e só falta ser lançado no mercado”, explica o pesquisador. Ele lamenta a falta de mais investimentos em pesquisas por parte do governo federal. 
“Temos estudado muitas possibilidades, mas é necessário pesquisas para comprovar a eficácia dos produtos. É preciso investimento e nossos governantes não se interessam. É muito difícil fazer pesquisas no Brasil”. Em Manaus, o gel foi testado num projeto piloto desenvolvido por uma equipe em bairros da periferia da cidade, obtendo ótimos resultados no tratamento de diabéticos com ferimentos. Algumas ameaças de mutilações foram evitadas. 
Fonte: Portal Único
- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Brasil: Governo prevê reduzir isolamento em cidades com poucos casos

O Ministério da Saúde fez uma previsão que a partir da próxima segunda-feira (13/04), localidades onde o número de casos confirmados de COVID-19 não ultrapassar mais de 50% dos leitos...

Brasil: Caixa lançará aplicativo para cadastro em renda emergencial na terça (07)

Calendário de pagamento será divulgado durante a semana e, segundo presidente do banco, poderá ser feito em até 48 horas depois de recebimento dos...

O Governo do Brasil anunciou que o reajuste anual de todos os remédios será adiado por dois meses. O motivo é a crise provocada...

Brasil: Datafolha aponta que 59% são contra renúncia de Bolsonaro; 37% querem que ele renuncie

Pesquisa Datafolha publicada neste domingo (05/04) pelo jornal "Folha de S.Paulo" aponta que 59% dos brasileiros rejeitam a renúncia do presidente da República Jair Messias Bolsonaro em meio à sua...

COVID – 19: Empresas podem formar “cartéis do bem” no período da pandemia mundial

Acordos entre empresas concorrentes, que em situação normal podem ser considerados infrações econômicas porque, em tese, são prejudiciais aos clientes, são tolerados e até...