PF suspeita que ex-deputado tenha mandado matar Marielle

0
Foto: Reprodução/TV Globo –
Trecho do inquérito da Polícia Federal – PF que investiga a obstrução da investigação sobre a morte de Marielle Franco cita o ex-deputado estadual Domingos Brazão entre os suspeitos de ser um dos mandantes do crime, informa a Folha. A PF investiga o trabalho da Polícia Civil a pedido de Raquel Dodge, após surgirem suspeitas de que haveria ações para desviar o foco das investigações.

Ex-emedebista e conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, Brazão foi alvo de um mandado de busca e apreensão cumprido por agentes da Polícia Federal – PF no último dia 21 de fevereiro. Em junho do ano passado, ele chegou a prestar depoimento na delegacia de homicídios e negou ter qualquer relação com o caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui