20.3 C
Brasília
sábado, março 6, 2021

Imprensa de luto

Preço do milho fecha 2020 em alta no Brasil; para janeiro/21 na B3, R$ 82,70

Leia Também

Brasil registra 1.699 mortes e 75 mil casos de COVID-19 nas últimas 24 horas

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (04/03). O país registrou 1.699 mortes nas últimas 24 horas, totalizando 260.970 mortes. Foram 75.102 novos casos...

WhatsApp libera chamada de voz e vídeo pelo computador

  O WhatsApp anunciou nesta quinta-feira (04/05) que usuários do aplicativo poderão realizar chamadas de voz e vídeo pelo desktop. A disponibilidade do recurso casa com o...

Itaú demite 50 funcionários por pedirem auxílio de forma indevida

  O banco Itaú emitiu um comunicado para anunciar a demissão de cerca de 50 funcionários que pediram o auxílio emergencial indevidamente. O benefício foi criado no ano passado...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

 

Em levantamento realizado pela equipe do Notícias Agrícolas, não foram percebidas desvalorizações em nenhuma das praças. A quarta-feira (30/12) chega ao final com os preços do milho ampliando seus ganhos no mercado físico brasileiro.  Já as valorizações apareceram em Pato Branco/PR (2,56% e preço de R$ 72,00), Londrina/PR (2,86% e preço de R$ 72,00), Cascavel/PR (2,90% e preço de R$ 71,00), Amambaí/MS (3,08% e preço de R$ 67,00), Palma Sola/SC (4,29% e preço de R$ 73,00) e Rio do Sul/SC (12,16% e preço de R$ 83,00).

Confira como ficaram todas as cotações na quarta-feira (30/12). De acordo com o reporte diário da Radar Investimentos, “as apreensões em relação ao clima em alguns pontos da América do Sul e o vazio de ofertas no mercado físico deram o tom das altas para as cotações do milho nas praças paulistas. Nos últimos dias, as necessidades urgentes fizeram a marcação de preço”.

B3

Os preços futuros do milho contabilizaram ganhos ao longo de todo o dia na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registraram movimentações entre 0,12% negativo e 1,48% positivo ao final da quarta-feira.

O vencimento janeiro/21 foi cotado à R$ 82,70 com perda de 0,12%, o março/21 valeu R$ 83,50 com elevação de 0,59%, o maio/21 foi negociado por R$ 79,55 com ganho de 1,34% e o julho/21 teve valor de R$ 72,00 com valorização de 1,48%.

Com relação ao fechamento da última semana, os futuros do milho acumularam valorizações de 3,49% para o janeiro/21, de 4,64% para o março/21, de 5,64% para o maio/21 e de 5,73% para o julho/21 na comparação com a última quarta-feira (23/12).

- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Brasil registra 1.699 mortes e 75 mil casos de COVID-19 nas últimas 24 horas

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (04/03). O país registrou 1.699 mortes nas últimas 24 horas, totalizando 260.970 mortes. Foram 75.102 novos casos...

WhatsApp libera chamada de voz e vídeo pelo computador

  O WhatsApp anunciou nesta quinta-feira (04/05) que usuários do aplicativo poderão realizar chamadas de voz e vídeo pelo desktop. A disponibilidade do recurso casa com o...

Itaú demite 50 funcionários por pedirem auxílio de forma indevida

  O banco Itaú emitiu um comunicado para anunciar a demissão de cerca de 50 funcionários que pediram o auxílio emergencial indevidamente. O benefício foi criado no ano passado...