TCU multa Gabrielli em R$ 10 milhões e o proíbe de ocupar cargos públicos por oito anos

0

O Tribunal de Contas da União – TCU condenou o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli ao pagamento de multa de R$ 10 milhões e proibição para ocupar cargos públicos por oito anos. Gabrielli foi punido por superfaturamento nas obras da refinaria Abreu e Lima. Com ele, foram condenados Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, e Agenor Franklin Medeiros, ex-diretor da empreiteira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui