20.3 C
Brasília
segunda-feira, abril 12, 2021

Segundo site, Pazuello terá novo cargo no Planalto

  Após deixar o Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello vai assumir um novo cargo no Palácio do Planalto. A informação é de O Antagonista. De acordo com o site,...

Veja: Pazuello apresenta cronograma para compra e produção de vacinas

Leia Também

Segundo site, Pazuello terá novo cargo no Planalto

  Após deixar o Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello vai assumir um novo cargo no Palácio do Planalto. A informação é de O Antagonista. De acordo com o site,...

“Ministro é executor de decisões do presidente”, diz Mourão sobre novo ministro

  Nesta terça-feira (16/03), o vice-presidente Hamilton Mourão declarou que qualquer um que ocupe o cargo de ministro é "executor" das decisões tomadas pelo presidente da República....

Congresso promulga PEC Emergencial, que viabiliza retomada do auxílio emergencial

  O Congresso Nacional promulgou em sessão solene nesta segunda-feira (15/03) a Proposta de Emenda à Constituição conhecida como PEC Emergencial, que viabiliza a volta...

Pazuello vai pedir pra sair

    O presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro vai trocar nos próximos dias o comando do Ministério da Saúde, hoje a cargo do general Eduardo Pazuello....
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

7jan2021 o ministro da saude general eduardo pazuello durante coletiva no palacio do planalto Pazuello apresenta cronograma para compra e produção de vacinas. Veja

 

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, apresentou ao Congresso Nacional Brasileiro nesta quinta-feira (11/03) o cronograma de vacinação contra a COVID-19 até 2022. O detalhamento dos prazos foi enviado por ofício dirigido aos presidentes do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM/MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP/AL). Os chefes do Legislativo cobraram o Ministério da Saúde sobre o andamento da campanha nacional de imunização contra a COVID-19, iniciada em 18 de janeiro. O cronograma atual prevê mais de 270 milhões de doses de vacinas no primeiro semestre, via acordos fechados com AstraZeneca/Oxford (Fiocruz), Instituto Butantan, Covax Facility e Precisa/Bharat Biotech.

Até o final do ano, o número de doses a serem disponibilizadas ultrapassa os 400 milhões. Também estão em negociação outros 178 milhões de doses oriundas dos laboratórios Pfizer, Janssen, Moderna e União Química/Gamaleya. Segundo a pasta, em março serão disponibilizadas 27,1 milhões de doses de imunizantes (3,8 milhões da vacina AstraZeneca/Oxford, com produção nacional pela Fiocruz, e 23,3 milhões da vacina Coronavac/Sinovac, produzida pelo Butantan).

“O acesso a vacinas seguras e eficazes para enfrentamento da pandemia é prioridade do Ministério da Saúde, visto que a vacinação tem o potencial de prevenir e conter a transmissão do coronavírus”, escreveu o ministro.

Pazuello também explicou que o cronograma de entregas de doses de vacinas e as quantidades previstas em contratos são constantemente atualizados pela pasta, a depender das previsões de entrega dadas pelos laboratórios fornecedores dos imunizantes.

Veja o cronograma apresentado pela pasta:

Fundação Oswaldo Cruz (vacina AstraZeneca/Oxford)
Janeiro: 2 milhões importadas da Índia (entregues);
Fevereiro: 2 milhões importadas da Índia (entregues);
Março: 3,8 milhões (produção nacional com IFA importado);
Abril: 2 milhões (importadas da Índia) + 30 milhões (produção nacional com IFA importado);
Maio: 2 milhões (importadas da Índia) + 25 milhões (produção nacional com IFA importado);
Junho: 2 milhões (importadas da Índia) + 25 milhões (produção nacional com IFA importado);
Julho: 2 milhões (importadas da Índia) + 16,6 milhões (produção nacional com IFA importado).
Fundação Butantan (vacina Coronavac/Sinovac)
 
Janeiro: 8,7 milhões, sendo 6 milhões importados da China e 2,7 milhões de produção nacional com IFA importado (entregues).
Fevereiro: 4,2 milhões de produção nacional com IFA importado (entregues)
Março: 23,3 milhões (22,7 milhões previstos para março + 600 mil residual de fevereiro).
Abril: 15,7 milhões (produção nacional com IFA importado)
Maio: 6 milhões (produção nacional com IFA importado)
Junho: 6 milhões (produção nacional com IFA importado)
Julho: 13,5 milhões (produção nacional com IFA importado)
Covax Facility
Março: 2,9 milhões (vacina importada da AstraZeneca/Oxford – Coreia do Sul)
Até maio: 6,1 milhões (vacina importada da AstraZeneca/Oxford – Coreia do Sul)
Precisa Medicamentos (vacina Covaxin/Barat Biotech/IND)
Total: 20 milhões de doses (importadas da Índia) no primeiro semestre de 2021

EM NEGOCIAÇÃO:

União Química (vacina Sputnik V/Instituto Gamaleya/RUSSIA)
Abril: 400 mil (importadas da Rússia)
Maio: 2 milhões (importadas da Rússia)
Junho: 7,6 milhões (importadas da Rússia)
Total: 10 milhões de doses
Pfizer/BioNTech (EUA)
A partir do segundo trimestre de 2021: 100 milhões de doses
Jonhson & Jonhson (vacina Janssen/BEL)
Entre julho e setembro: 16,9 milhões de doses
Entre outubro e dezembro: 21,1 milhões de doses
Total: 38 milhões de doses
Moderna (EUA)
Até janeiro de 2022: 30 milhões de doses
- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Segundo site, Pazuello terá novo cargo no Planalto

  Após deixar o Ministério da Saúde, Eduardo Pazuello vai assumir um novo cargo no Palácio do Planalto. A informação é de O Antagonista. De acordo com o site,...

“Ministro é executor de decisões do presidente”, diz Mourão sobre novo ministro

  Nesta terça-feira (16/03), o vice-presidente Hamilton Mourão declarou que qualquer um que ocupe o cargo de ministro é "executor" das decisões tomadas pelo presidente da República....

Congresso promulga PEC Emergencial, que viabiliza retomada do auxílio emergencial

  O Congresso Nacional promulgou em sessão solene nesta segunda-feira (15/03) a Proposta de Emenda à Constituição conhecida como PEC Emergencial, que viabiliza a volta...

Pazuello vai pedir pra sair

    O presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro vai trocar nos próximos dias o comando do Ministério da Saúde, hoje a cargo do general Eduardo Pazuello....

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 40 milhões

  Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.352 da Mega-Sena, realizado na noite de sábado (13/03) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê,...