20.3 C
Brasília
domingo, março 7, 2021

Governador do RS determina o que cidadão pode ou não comprar no supermercado

  A venda de "produtos não essenciais" estará proibida nos supermercados do Rio Grande do Sul a partir de segunda-feira (08/03). A restrição foi anunciada...

Volkswagen aponta dedo para fornecedores por falta de chip de carro

Leia Também

Governador do RS determina o que cidadão pode ou não comprar no supermercado

  A venda de "produtos não essenciais" estará proibida nos supermercados do Rio Grande do Sul a partir de segunda-feira (08/03). A restrição foi anunciada...

Homem é morto a marteladas pelo próprio filho em São Paulo

  Em São Paulo , na Freguesia do Ó, Igor Fanti, de 21 anos, foi preso após matar seu pai, Vicente Dias Fanti, de 63 anos, a marteladas. Filho...

Pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão é aprovado pelo Senado dos EUA

  O Senado dos EUA aprovou, neste sábado (06/03), um pacote de estímulo de US$ 1,9 trilhão, uma das medidas centrais da estratégia do governo de...

Profecia de Bolsonaro, de que vírus acaba até dezembro, depende de sua renúncia

  O presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro vem dizendo, desde abril do ano passado, que a pandemia está acabando. Na sexta-feira (05/03), reforçou a...
Jonas Mellohttps://www.jornaldelesteaoeste.com/
Jornalista radialista e editor-chefe do Jornal de Leste a Oeste e do blog do Jonas Mello

 

 

A Volkswagen disse que o mau planejamento por parte de seus fornecedores agravou a escassez de chips de computador afetando a indústria automobilística global, alegando ter avisado amplamente que o impacto da pandemia do novo coronavírus na produção de automóveis seria limitado. A VW foi em dezembro a primeira montadora a alertar sobre uma crise no fornecimento de chips que atingiu as montadoras globais, forçando-as a cortar ou interromper a produção enquanto a indústria de semicondutores luta para acompanhar a recuperação do setor automotivo.  A empresa alemã disse a seus fornecedores em abril do ano passado – quando grande parte da produção mundial de automóveis estava paralisada devido à pandemia do coronavírus – que esperava uma forte recuperação no segundo semestre de 2020, disse um executivo da VW, que não quis se identificar, à Reuters

A Volkswagen, segunda maior montadora do mundo, disse que foi informada da falta de chips por um de seus fornecedores no final de novembro, mas que o aviso veio tarde demais. “Comunicamos nossa demanda desde o início. Repassamos nossas projeções que confirmaram essa demanda”, disse o executivo. Se os fornecedores não confiarem em nossos números e consultarem suas próprias previsões, deveríamos ter sido informados imediatamente. Isso não aconteceu”. Além de identificar potenciais fragilidades na cadeia de abastecimento automotivo, a questão sobre quem é o responsável pela escassez pode desempenhar um papel decisivo em quaisquer disputas legais no futuro. 

A atual escassez é vista como decorrente de uma combinação de fatores, já que os fabricantes de automóveis competem com a crescente indústria de eletrônicos de consumo por suprimentos de chips. O executivo disse que previsões divergentes de demanda podem explicar o problema atual, o que levou a VW a alertar que o fornecimento de chips continuará restrito durante o primeiro semestre de 2021. “Isso causou muitos problemas. Se o fornecedor não tivesse um problema de chip em sua própria cadeia de suprimentos, obteríamos nossas unidades de controle”, disse o executivo. As empresas alemãs Continental e Robert Bosch são os dois maiores fornecedores automotivos do mundo. 

Representantes das duas empresas disseram que não comentariam sobre as relações com os clientes. A Continental disse que sempre foi aberta e transparente com os clientes. A Bosch disse que está fazendo de tudo para manter seus clientes abastecidos e para reduzir o impacto ao mínimo, acrescentando que está em contato diário com fornecedores e clientes. A Volkswagen, que até agora só compra chips indiretamente por meio de fornecedores, disse neste mês que consideraria a compra diretamente de fabricantes para proteger seu fornecimento.

- Advertisement -

Ùltimas Notícias

Governador do RS determina o que cidadão pode ou não comprar no supermercado

  A venda de "produtos não essenciais" estará proibida nos supermercados do Rio Grande do Sul a partir de segunda-feira (08/03). A restrição foi anunciada...

Homem é morto a marteladas pelo próprio filho em São Paulo

  Em São Paulo , na Freguesia do Ó, Igor Fanti, de 21 anos, foi preso após matar seu pai, Vicente Dias Fanti, de 63 anos, a marteladas. Filho...

Pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão é aprovado pelo Senado dos EUA

  O Senado dos EUA aprovou, neste sábado (06/03), um pacote de estímulo de US$ 1,9 trilhão, uma das medidas centrais da estratégia do governo de...

Profecia de Bolsonaro, de que vírus acaba até dezembro, depende de sua renúncia

  O presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro vem dizendo, desde abril do ano passado, que a pandemia está acabando. Na sexta-feira (05/03), reforçou a...

PEC do auxílio emergencial prevê abater R$ 100 bilhões da dívida pública

  O Congresso deve liberar mais de R$ 100 bilhões que estão presos no caixa do governo para o abatimento da dívida pública. A Proposta de Emenda...